Relatório de
sustentabilidade

2018

Como os negócios são conduzidos

GRI 103-2; 103-3

Recuperar os ativos e a capacidade operacional, ao mesmo tempo em que reduz ociosidade e aumenta a qualidade, a confiabilidade e a eficiência, sãoé as prioridades da atual gestão da Paranapanema. Integralmente dedicados a restaurar a rentabilidade das operações, os administradores têm conciliado a busca de maior eficiência com uma conservadora política de administração de caixa, com disciplina em custos e despesas.

Os passos, nessa direção, já começaram a ser dados em 2018. A manutenção programada na fábrica de Dias d’Ávila, iniciativa que teve o objetivo de garantir a confiabilidade das operações, marca o início dessa nova fase, que deve se estender para os próximos cinco anos. Nesse período, outras ações corretivas e preventivas estão previstas. Revitalizar as instalações operacionais, de forma a garantir e superar gargalos da produção, será o principal destino dos investimentos da Companhia no curto prazo. Em 2019, por exemplo, há planos de destinar entre R$170 milhões e R$230 milhões para tal finalidade, valores que dependem de captação de linhas de financiamento específicas, de maior detalhamento dos projetos e de aprovação da Administração.

Em paralelo, outras medidas estão em curso, como revisão dos processos operacionais e administrativos, com vistas a alcançar ganhos de eficiência e racionalização de custos. A estratégia comercial, por sua vez, foi redesenhada para adaptar o mix de produtos de acordo com a demanda e impulsionar ainda mais as exportações, movimento que ganha força com a conquista de novos mercados e criação de melhores canais de distribuição.

O novo momento da Paranapanema acontece após a reestruturação financeira ocorrida em 2017, que teve o objetivo de fortalecer a estrutura de capital e readequar o nível de endividamento. O processo foi finalizado em setembro daquele ano e envolveu uma série de iniciativas, como a redução de 28% e alongamento de 86% da dívida financeira, que passou a ter prazo médio aproximado de 4,5 anos.

RESTAURAR A RENTABILIDADE DAS OPERAÇÕES É UMA DAS PRIORIDADES DA ATUAL GESTÃO

Cultura

GRI 102-16

A Paranapanema deu início, em 2018, a um amplo processo de diagnóstico e transformação de sua cultura corporativa. Esse passo está em linha com o novo momento que a Companhia atravessa, em que busca restaurar a qualidade, a confiabilidade e a produtividade das operações.

O sucesso da estratégia de negócios atualmente proposta depende de fatores diversos, nos quais o colaborador tem grande participação. Vai além de engajamento. Compreende a forma como o público interno se identifica com os propósitos e valores corporativos, além da maneira com que a empresa é percebida e a influência que exerce na vida e história de cada funcionário.

A TRANSFORMAÇÃO DA CULTURA CORPORATIVA ESTÁ EM LINHA COM O NOVO MOMENTO QUE A COMPANHIA ATRAVESSA.

Com o intuito de levantar essas impressões, foi realizado o Diagnóstico de Cultura Organizacional. O trabalho, desenvolvido por consultoria especializada, baseou-se em observação de campo e escuta corporativa. Foram realizadas, nos meses de maio e junho, 54 entrevistas individuais com colaboradores em diferentes níveis e nas três unidades, além de 15 grupos focais (que alcançou aproximadamente 130 colaboradores) e três observações em campo.

O retrato obtido com essa experiência permitiu detectar diversos pontos positivos, como o orgulho dos colaboradores de pertencerem à Companhia, traço que será cultivado e estimulado. Por outro lado, indicou oportunidades de melhoria, o que sinaliza a importância de um trabalho mais dirigido, de forma a engajar o público interno no novo direcionamento dado aos negócios e à gestão da Empresa.

Essa revisão cultural também estimulou um novo olhar sobre o posicionamento institucional da Paranapanema, mais especificamente sobre seu propósito, visão e valores. Por meio de profundas reflexões com todos os níveis da organização, e em estudos e análises realizadas pela consultoria, buscou-se entender o papel que a Companhia desempenha na sociedade atual. A partir daí, serão estabelecidas, em 2019, novas diretrizes que traduzem melhor sua razão de existir, além das propostas e compromissos perante os públicos com que se relaciona.

A administração da Paranapanema entende que a transformação da cultura corporativa contribuirá para que sejam alcançados os objetivos e metas estratégicas mais rapidamente. Serão definidos e acompanhados indicadores para medir o processo de transformação cultural. É fundamental, portanto, para a perenidade das operações e novos ciclos de crescimento.

Sustentabilidade dos negócios

GRI 102-11; 103-2; 103-3

Gerar e compartilhar valor para os públicos com que se relaciona é o objetivo da Paranapanema. Nesse contexto, a sustentabilidade ocupa um papel fundamental. As estratégias e ações sobre esse tema permeiam, e são aplicadas, nas várias etapas do processo de produção da Companhia. Estão presentes desde a aquisição da matéria-prima até a entrega dos produtos para seus clientes. Abrangem, portanto, temas econômico-financeiros, ambientais e sociais.

Os princípios considerados essenciais para a perenidade dos negócios estão consolidados na Política de Sustentabilidade, que foi revisada e ganhou nova versão em 2018. Nela, é reforçado o papel da visão sustentável no direcionamento e orientação das decisões pertinentes aos negócios, assim como destaca a importância de engajamento das diferentes áreas nesses esforços.

Uma forma de aproximar as lideranças e as várias frentes de atuação a essas questões se dá por meio da Comissão de Sustentabilidade. Atuante desde setembro de 2017, é formada por uma equipe multidisciplinar, com diretores e representantes de áreas como as de Gestão Corporativa, Operações, Comunicação e Sustentabilidade, Gestão de Pessoas, Meio Ambiente e Segurança do Trabalho, Financeiro, Relações com Investidores, Jurídico-Societário e Comercial. Juntos, buscam estimular a criação de mecanismos que ajudem a integrar a sustentabilidade cada vez mais à cultura da Companhia. Assim, por meio de reuniões trimestrais, planejam, propõem e acompanham ações sobre o tema.

Sobre a Política de Sustentabilidade

O documento, que ganhou nova versão em 2018, estabelece diretrizes que norteiam a estratégia de negócios da Paranapanema e buscam minimizar os impactos decorrentes de suas atividades. São elas:

Gestão Responsável

Com base nas boas práticas de governança corporativa e no Código de Ética, a gestão da Paranapanema promove a geração de valor por meio da transparência quanto às práticas e desempenho da Empresa junto às partes interessadas. Monitora e gerencia adequadamente os riscos e impactos das atividades e adota medidas de mitigação, eliminação ou compensação dos possíveis danos econômicos, ambientais e sociais nas operações.

Valorização dos colaboradores

A Paranapanema acredita que a qualidade dos seus produtos depende do desempenho, da qualificação e da segurança dos colaboradores. Por isso, investe na atração e retenção de talentos, incentiva o trabalho em equipe e busca reconhecer os profissionais por meio do princípio da meritocracia. Estabelece relações com dedicação e transparência, tendo como base o respeito aos direitos humanos e à diversidade. Repudia a mão-de-obra infantil e o trabalho forçado.

Parceria com os Clientes

A satisfação e o atendimento aos clientes com empatia, disponibilidade e excelência são compromissos assumidos por todos os colaboradores da Paranapanema. A atenção às suas demandas é essencial para a construção de uma relação de longo prazo. A Companhia se compromete com a melhoria contínua de seus processos para manter a qualidade e a confiabilidade de seus produtos.

Engajamento

A Companhia busca, em todos os seus relacionamentos, dentro e fora da empresa, manter um diálogo próximo e ético com todos os seus públicos. Reconhece a importância de disseminar os conceitos do desenvolvimento sustentável e de compartilhar as boas práticas de responsabilidade social. Dessa forma, estabelece relações com ganho e crescimento para todas as partes.

Inovação

A Companhia entende que a inovação é essencial para a dinâmica de seus negócios. Por isso, estimula seus colaboradores a acompanharem as mudanças, compartilharem ideias, desafios e oportunidades para buscar melhorias nos processos e produtos da empresa. Dessa forma, apoia um ambiente e uma cultura corporativa que inspirem a inovação.